Apologética

A apologética é a defesa fundamentada da religião Cristã. Como defesa fundamentada da fé, a Apologética está para a Teologia como a Filosofia está para as Ciências Humanas.




Uma Breve Introdução Apologética

por Elisson Freire


(...) apegue-se firmemente à mensagem fiel, da maneira como foi ensinada, para que seja capaz de encorajar outros pela sã doutrina e de refutar os que se opõem a ela. Tito 1:9


  • Introdução


A Apologética é a disciplina teológica, que na cristandade lida com a defesa racional da nossa fé. O termo tem origem na palavra grega apologia (em grego: apologia = “defesa”) e trata da proteção da Teologia cristã contra os ataques externos, atuando na defesa do Cristianismo ortodoxo contra ameaças doutrinárias internas, tal como uma heresia ou um ensino absurdo.

Do latim tardio apologetĭcus, através do grego ἀπολογητικός, derivado do grego απολογία temos a apologia que significa "defesa verbal". Portanto para fins teológicos, a APOLOGÉTICA torna-se uma disciplina que visa dar aval racional e teológico para nossas alegações. Dito em termo bíblicos, a apologética toma sua iniciativa em textos como I Pedro 3:15,16; II Coríntios 10:5; Filipenses 1:7,16; Judas 1:3; Tito 1:9; e 2 Timóteo 2:24,25.

Um caso clássico da apologética no Novo Testamento encontramos em Atos 17 quando Paulo debateu com os filósofos na colina de Marte (O Areópago), e ali, ele não só apresentou a evidência favorável à existência de Deus a partir da natureza, mas também defendeu, com base na história, que Cristo era o Filho de Deus. Usou de recursos históricos, teológicos e bíblicos, além de ter citado inclusive filósofos pagãos para apoiar seus argumentos.

Daí por diante, a  apologética sempre foi vital na história da Igreja, não apenas em seu inicio com os argumentos apostólicos do primeiro século mas também nos séculos seguintes com os primeiros líderes da era patrística. Os primeiros líderes cristãos conhecidos como Pais da Igreja foram assim reconhecidos devidamente por serem apologistas que defenderam nossa fé com argumentos suficientes para converter milhares a Jesus Cristo e enfrentar outros que se levantaram na intenção de nos destruir. Seus escritos são reverenciados, lidos, usados e referenciados até hoje, pois foram os tais que mais tarde constituiriam a base para o esclarecimento de diversas doutrinas e conceitos fundamentais de nossa teologia. Portanto, a apologética é a defesa fundamentada da religião Cristã, logo, como defesa fundamentada da fé, a Apologética está para a Teologia como a Filosofia está para as Ciências Humanas.

  • Métodos e Abordagens Apologéticas



No âmbito da apologética se expõem diversos métodos denominados de categorias ou sistemas de apologética e ainda podemos observar exposições significativas mais recorrentes, como as abordagens de apologética aplicada. Contudo, após analisar todos, podemos resumidamente destacar os mais influentes na Apologética Cristã. Os principais métodos são o Clássico, o Evidencial, o Histórico e o Pressuposícional, e quanto as abordagens de apologética aplicada ou prática, podemos notar a Apologética Dogmática e a Apologética Geral Contemporânea.

As quatro primeiras acima (Clássica, a Evidencial, a Histórica, a Pressuposícional) dentre outras como a Epistemologia Reformada e a Cumulativa, lidam extensamente com a existência de Deus e com a veracidade do cristianismo de uma forma geral. Assim sendo, de forma mais peculiar, tratam-se especificamente de Apologética Fundamental ou Filosófica.

Quanto a Dogmática, trata-se de uma abordagem aplicada com foco em exposições de defesa para cosmovisões especificas como a apologética protestante ou católica, lidando com questões histórico-dogmáticas existentes em seu aporte teológico. Já na última, a Geral Contemporânea, lida com a eficiência prática do Cristianismo no mundo e promove a exposição da cosmovisão cristã com foco em questões sócio-políticas e se concentra em combater na sociedade moderna as idéias ou movimentos contrários a fé cristã. O principal foco deste método é conservar os valores morais cristãos que são indispensáveis a uma sociedade sadia, responsável e promissora.

  • Objetivo e Missão


A missão da apologética portanto, é combater  movimentos contrários a fé cristã, oferecendo respostas para as duvidas e questionamentos que são levantados contra nossas convicções. E de modo a promover o uso de uma apologética mais eficiente é que os métodos e abordagens acima foram desenvolvidos para apresentar uma defesa da fé e verdade cristã para nossos antagonistas assim como também, expor de forma firme e bem fundamentada, tudo aquilo que for necessário a vida cristã.

Sobre isso, o Dr. Wiliiam Lane Craig, um dos maiores apologistas da atualidade, diz:

"A tarefa mais ampla da apologética cristã é ajudar a criar um ambiente cultural em que o evangelho possa ser ouvido como uma opção intelectualmente viável para homens e mulheres pensantes. [...] Na maioria dos casos, não serão argumentos ou evidências que levarão as pessoas à fé em Cristo - essa é a meia-verdade vista pelos detratores da apologética -, não obstante, será a apologética que, ao tornar o evangelho uma opção crível para as pessoas, lhes dará, por assim dizer, o aval intelectual para crer. Por isso é, vitalmente importante que preservemos um ambiente cultural em que o evangelho é ouvido como uma opção viva para pessoas pensantes, e a apologética é essencial para ajudar a produzir esse resultado."[ CRAIG, William Lane. Apologética Contemporânea: A Veracidade da Fé Cristã. Página 17, 19. 2a. Edição. São Paulo: Vida Nova, 2012.



  • Base bíblica para o exercício da apologética


(...)Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. Contudo, façam isso com mansidão e respeito, conservando boa consciência, de forma que os que falam maldosamente contra o bom procedimento de vocês, porque estão em Cristo, fiquem envergonhados de suas calúnias. 1 Pedro 3:15,16

Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo. 2 Coríntios 10:5

(...)defendendo e confirmando o evangelho, todos vocês participam comigo da graça de Deus. (...) sabendo que aqui me encontro para a defesa do evangelho. Filipenses 1: 7,16.

(...)senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos. Judas 1:3

Evite as controvérsias tolas e fúteis, pois você sabe que acabam em brigas.
Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente. Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade, para que assim voltem à sobriedade e escapem da armadilha do diabo, que os aprisionou para fazerem a sua vontade. 2 Timóteo 2:23-26

(...) apegue-se firmemente à mensagem fiel, da maneira como foi ensinada, para que seja capaz de encorajar outros pela sã doutrina e de refutar os que se opõem a ela. Tito 1:9

  • A Origem  e a atuação da Apologética Cristã


A apologética cristã ao que vimos acima, se originou evidentemente no Novo Testamento, encontra amplo apoio bíblico, e se desenvolveu ainda mais no segundo século em resposta aos desafios encontrados ao cruzar fronteiras culturais no mundo greco-romano. Já no segundo século, quando o cristianismo começou a se engajar em um nível intelectual com a filosofia grega e atraiu maior atenção da sociedade romana, vários escritores produziram defesas fundamentadas da fé cristã. Destes, Justino Mártir (c.100-165 d.C), um gentio de Samaria que se converteu depois de buscar a verdade em numerosas filosofias e acabou morrendo como mártir em Roma, é provavelmente o mais conhecido e o mais significativo. Esses escritores são geralmente referidos como "os apologistas". 

A produção apologética do cristianismo primitivo, envolveu três grandes preocupações:

  • Defender o cristianismo contra acusações falsas (por exemplo, que os cristãos eram ateus, pervertidos imorais, ou canibais).
  • Argumentar pela verdade do cristianismo com base no fato de que ele cumpriu a profecia do Antigo Testamento.
  • Mostrar que o cristianismo era superior ou cumpriu idéias filosóficas gregas.
Ao longo da história do cristianismo, a apologética continuou a adaptar-se a novos desafios culturais e sempre enfrentando as mesmas preocupações primitivas onde cada vez mais se exige uma postura:

  • Afirmativa, onde se deve apresentar argumentos para a verdade da fé cristã; 
  • Defensiva, onde busca expor argumentos refutando acusações feitas contra a fé cristã;
  • Ofensiva, onde deve usar argumentos específicos concentrados em minar os fundamentos de outros sistemas de crenças.
  • Persuasiva, tendo como objetivo geral da apologética, o evangelismo de forma a convencer as pessoas sobre a verdade da fé cristã.

  • Conclusão:


Nos tópicos deste artigo pretendi expor uma apresentação resumida sobre o tema apologética cristã assim como sua origem, apoio bíblico, desenvolvimento e metodologia espistemológica. Para uma breve visão geral da história da apologética cristã, incluindo perfis das principais figuras no desenvolvimento da apologética moderna e ao longo dos séculos, sugiro a leitura da Enciclopédia de Apologética por Norman Geisler.

________________________

Paz de Cristo a Todos

Att: Elisson Freire

COMMENTS

BLOGGER: 1
Carregando...
Nome

Adulterações Bíblicas,4,Antissemitismo,4,Apócrifos,1,Apologética,25,Apostasia,1,Ateísmo,6,Calvino,1,Catolicismo,26,Católicos Refutados,6,Cristologia,1,Cruzados Católicos,15,Daniel Silveira F. Linhares,1,Download,5,Edmilson Silva,1,Enigmas da Bíblia,1,Entrevista com o Apóstolo,1,Escatologia,1,Fernando Nascimento,21,Filosofia,3,História da Igreja,23,Hugo de Paynes,7,Informações,2,Inquisição,4,Intolerância Religiosa,6,Islamismo,3,Livros,1,Lutero,20,Mariolatria,3,O Cânon Bíblico,12,Ortodoxia Bíblica,6,Papado,9,Protestantismo,22,Reflexões,10,Refutações,57,Refutando a Supremacia Papal,6,Respostas sobre Lutero,13,Seitas e Heresias,3,Slider,7,Sola Scriptura,4,Sucessão Apostólica,2,Trindade,3,Vida Cristã,1,Video,10,
ltr
item
Resistência Apologética: Apologética
Apologética
A apologética é a defesa fundamentada da religião Cristã. Como defesa fundamentada da fé, a Apologética está para a Teologia como a Filosofia está para as Ciências Humanas.
https://1.bp.blogspot.com/-RhJevjlEzJQ/VOl06A-09GI/AAAAAAAAQNg/rv1mhKHj6ik/s640/apolog%C3%A9tica.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-RhJevjlEzJQ/VOl06A-09GI/AAAAAAAAQNg/rv1mhKHj6ik/s72-c/apolog%C3%A9tica.jpg
Resistência Apologética
http://resistenciaapologetica.blogspot.com/2015/02/apologetica.html
http://resistenciaapologetica.blogspot.com/
http://resistenciaapologetica.blogspot.com/
http://resistenciaapologetica.blogspot.com/2015/02/apologetica.html
true
695476488695984212
UTF-8
Carregar todos os posts Not found any posts VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGINAS POSTS Ver TUDO Recomendado pra você Tema ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Not found any post match with your request Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sext Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julio Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás há mais de 5 semanas Seguidores Seguir THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy