Header Ads

Resistência Apologética

Provas da Intolerância Religiosa promovida por católicos na internet

católicos intolerantes
Diante da incoerência e arrogância hipócrita dos militantes católicos, algumas observações sobre suas acusações e a conduta deles, devem ser feitas.
Em suma, caso algumas mentes que se dizem civilizadas não entendam, ou não queiram aceitar, a Liberdade Religiosa é um direito que todos temos em escolher e expressar nossas crenças e isso é nos garantido por lei.
Tolerância, é quando você da aos outros todo o direito que você tanto reinvidica para si mesmo.
Logo, a Intolerância Religiosa é a falta de vontade ou a falta de habilidade em respeitar as diferenças ou crenças religiosas de terceiros tentantando de algum modo, limitar a liberdade religiosa que outra pessoa tem, em expressar livremente uma crença contrária a sua.
Ou seja, intolerância religiosa, não é nada disso de que alguns militantes católicos estão nos acusando. Na verdade eles é que cometem esse crime. Pois intolerância se consiste em negar ao outro, o direito de professar a sua crença. Intolerância, se consiste em desrespeitar a pessoa que professa outra crença diferente que a sua, ataca-la, agredi-la, isso sim é um crime.
Criticar dogmas, crenças de uma religião, ou sua conduta, não é crime algum, nunca foi, faz parte do direito a liberdade de expressão! O estado brasileiro protege e defende as pessoas que seguem uma crença, qualquer que seja, mas, o estado não é obrigado a defender uma crença em particular em detrimento de outra, só porque você exige. Esses moderadores da página Cruzados Católicos acham que estão em que terra ao patéticamente promover uma campanha de censura contra nós?? 
O direito de criticar dogmas e encaminhamentos é assegurado como liberdade de expressão. São as atitudes agressivas, ofensas e tratamento diferenciado a alguém em função de crença ou de não ter religião é que são crimes inafiançáveis e imprescritíveis. E mais uma vez, quem comete esse crime, são os militantes católicos, pois nossas postagens não são dirigidas a católicos, ou contra católicos no sentido de desdenhar de católicos ou atacar sus locais de culto, muito menos vilipendiar suas imagens, longe disso, a verdade é que nossas criticas são dirigidas as ações deles contra nós, e a certos dogmas da Igreja Católica e declarações que de fato são contraditórias ao cristianismo. Isso é um direito garantido por lei, não só no Brasil, mas em todo mundo... por exemplo:
O Artigo 13 da Convenção de Direitos Humanos diz:

Artigo 13. 

Liberdade de pensamento e de expressão

1-Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento e de expressão.  Esse direito compreende a liberdade de buscar, receber e difundir informações e idéias de toda natureza, sem consideração de fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer outro processo de sua escolha.
2- 
 O exercício do direito previsto no inciso precedente não pode estar sujeito a censura prévia, mas a responsabilidades ulteriores, que devem ser expressamente fixadas pela lei e ser necessárias para assegurar:
a)o respeito aos direitos ou à reputação das demais pessoas; ou
b)a proteção da segurança nacional, da ordem pública, ou da saúde ou da moral  públicas.
3- Não se pode restringir o direito de expressão por vias ou meios indiretos, tais como o abuso de controles oficiais ou particulares de papel de imprensa, de freqüências radioelétricas ou de equipamentos e aparelhos usados na difusão de informação, nem por quaisquer outros meios destinados a obstar a comunicação e a circulação de idéias e opiniões.
4- A lei pode submeter os espetáculos públicos a censura prévia, com o objetivo exclusivo de regular o acesso a eles, para proteção moral da infância e da adolescência, sem prejuízo do disposto no inciso 2.
5-A lei deve proibir toda propaganda a favor da guerra, bem como toda apologia ao ódio nacional, racial ou religioso que constitua incitação à discriminação, à hostilidade, ao crime ou à violência.

SOMOS LIVRES E TEMOS DIREITO DE BUSCAR, RECEBER E DIVULGAR LIVREMENTE INFORMAÇÕES E OPINIÕES!!!
Ao tentar nos censurar, e nos negar esse direito, por motivos puramente de intolerância, os militantes católicos violam leis internacionais.
E nacionais... vejam:
Em seu artigo 5., inciso VI, a carta magna bem diz o que  deve ser respeitado:
“é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias.” 
De certo, a discriminação religiosa é crime e deve ser combatido e denunciado por todo e qualquer cidadão. Tal prática já foi considerada pelo Supremo Tribunal Federal como inafiançável e imprescritível, ou seja, o acusado poderá ser punido a qualquer tempo e não poderá responder em liberdade efetuando o pagamento de fiança.
A Constituição Federal em seu artigo 5º, inciso VIII, dispõe:
“Art. 5º : Todos são iguais perante a lei (...)
VIII: ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política (...)”
Neste sentido temos a Lei 7.716/89, que em seu artigo 1º, alterado pela Lei 009.459/97, dispõe que serão punidos na forma da Lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito religioso.
Neste mesmo diploma legal, em seu artigo 20, puni quem praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito religioso com pena de reclusão de 1 a 3 anos e multa.
Ao ser vitima de discriminação e intolerância religiosa que são crimes, deve-se com todo direito legal, se dirigir à uma Delegacia de Polícia para o registro do Boletim de Ocorrência. Feito isso, o Delegado de Polícia irá instaurar inquérito policial, ouvir as partes e testemunhas, colher demais provas e enviar o relatório ao Poder Judiciário que dará início à Ação Penal.
Para que haja o cumprimento da lei é necessário que as autoridades competentes sejam comunicadas da prática delituosa. Pois a intolerância e discriminação religiosa ofendem a dignidade da pessoa humana, e devem ser combatidas por todos.
Esses são os termos aplicados a todos. Contudo necessário é, que se apresente provas legais acerca do ato de intolerância  e o que se sente vitimado se apresentar a uma autoridade competente, para que se apurem os fatos. Gritar aos quatro ventos que você é vitima de intolerância não tem validade alguma se você não toma providências por meios legais, muito menos se você mesmo está violando de maneira clara e consciente as leis que beneficiam ou punem a todos.
Se você viola os direitos de liberdade religiosa, e de liberdade de expressão, cantar de vitima pra que todos possam aderir a sua causa, não é reclamar direitos seu, é hipocrisia.
Portanto, o  fato de algumas pessoas nos acusarem de sermos intolerantes, não passa de calunia e tentativa de intimidação e censura, tais grupos de militância católica, tem nutrido um verdadeiro ódio contra evangélicos, esses sujeitos amargurados e fundamentalistas religiosos, são  pessoas que usam a internet como ferramenta para promover sua intolerância e sempre apelam a  sua religião como justificativa para seus atos insanos.
Sempre propomos o diálogo aberto, pois é pelo conhecimento que se elimina as ignorâncias que alimentam tantas intolerâncias religiosas e culturais atualmente. Tais discussões não devem ser vistas como um ataque pessoal ou difamação. Elas devem ser desenroladas de maneira objetiva e séria para que a verdade seja descoberta. Se um grupo religioso, recusa que as pessoas examinem as suas crenças usando as regras normais de pesquisa e lógica, evidentemente está violando o que é garantido por lei como liberdade de expressão. A histéria em alegar intolerância religiosa quando se é apenas criticado embora você exija o direito de criticar, tem tanto valor, quanto a declaração de  um pedófilo em justificar que cometeu o delito ao ser seduzido pela infante vitima de sua agreção.Ou seja, nenhum valor.

O que temos notado, é que o principal fator que leva os militantes católicos, ou de qualquer outro grupo religioso a ser intolerante, é o fundamentalismo extremista religioso. É claro que em parte, todos somos fundamentalistas, pois todos necessitamos de fundamentos, de alicerces para a nossa existência, e quem desistir deles evidentemente estará desistindo daquilo que acredita ou até de si mesmo. Esse é o fundamentalismo de base... por exemplo, sendo um cristão, uma das caracteristicas na base de minha fé, me diz que eu devo amar o proximo, isso é um fundamento, ligado as bases de minha fé, logo, se eu tenho uma atitude contraria a esse ensinamento, então eu não estou sendo um fundamentalista de base. Agora caso eu mesmo sabendo que minha fé, não apoia a minha ação, e mesmo assim eu persista nesse erro e ainda assim insista em dizer que sou cristão...algo está errado, obviamente não com  minha fé, não com minha crença, pois ela não da sustento nem fundamento a minha atitude incoveniente, logo eu seria um extremista religioso, um fundamentalista que vive a margem, no extremo de uma base, que não tem como fundamento a minha fé, e sim o meu ego de não aceitar e nem repeitar ser contrariado, configurando uma conduta fronteiriça bem distante daquilo que é a BASE de minha crença.
Portanto o fundamentalismo extremista, se torna uma ameaça. Pois causa o fechamento de cada religião na  sua própria autossuficiência dogmática, pregando um exclusivismo religioso afirmando que apenas a sua crença possui a verdade... mesmo que na prática tal verdade se distancie em muito de uma base sustentável e tolerante pois sempre promove a recusa em  interagir com outras religiões, crenças ou ideologias que não se submetam a sua dita "VERDADE".
Sobre isso, Martin Norberto Dreher escreve:
"Os fundamentalistas[extremistas religiosos] conferem caráter absoluto aos seus pontos de vista. Por isso não toleram outra verdade. Assim sendo, o destino do fundamentalismo é a intolerância, o acirramento entre grupos religiosos e a geração de ódio e de violência."( Para entender o fundamentalismo (São Leopoldo: Unisinos, 2002, [trecho acrescentado])
Facil notar que o fundamentalista extremista, não se da muito bem com interpretações diferentes da sua, sobre um determinado assunto, ele não tolera em hipotese alguma uma minima critica a sua crença e é assim porque se sente ameaçado todo vez que é posto em xeque em alguma argumentação. Não diferencia uma critica de um ataque. E tudo isso devido alicerçar a sua posição, a sua conduta, a sua opnião, em algo totalmente fora dos padrões estabelecidos como base de sua crença ou em alguns casos, por levar ao pé-da-letra, um ensinamento expressado hiperbolicamente( como frases de efeito, fora do contexto, destacadas no topo de postagens em paginas católicas que estimulam ao ataque e difamação). E por margear atuando longe dos limites... é identificado como "extremista".
Entenderam agora o que é um extremista??
Então... essas expressões de fundamentalismo extremo, são encontrados em todas as esferas religiosas, desde católicos e protestantes, até judeus e muçulmanos. E são cada vez mais piores em grupos de militantes que se denominam verdadeiros "cruzados", "cavaleiros", "guerreiros" na missão de defender a todo custo, uma causa, não muito nobre devido se tornar um intolerante, inflexível, sectarista e preconceituoso que usa a internet para se auto promover e se justifica da maneira mais patética que é alegar zelo pela sua fé. Ora, mas nega e tenta suprimir esse mesmo zelo quando é vindo de outra crença contraria a sua. Entendem agora porque digo que tais militantes são os verdadeiros preconceituosos e intolerantes??
Vou resumir, as principais caracteristicas são:
1- Não aceitam a liberdade religiosa alheia, nem alguma forma de expressão ideológica contraria a sua, e expressa isso...
2- Militando e  promovendo intolerância contra aqueles que consideram indevidamente como intolerantes, só por não concordarem com sua crença e...
3- Tomam como ofensa e ataque, toda forma de critica direcionada a sua conduta, como um ataque direto a sua religião, isso porque...
4- Acham que detêm direitos que não podem ser violados, mas não permitem que outros tenham esse direito, portanto...
5- Sempre agem com um falso vitimismo para se justificar alegando terem sido atacados, quando na verdade eles iniciam os ataques geralmente voltados a um grupo religioso e não as crenças desse grupo, e apôs terem apenas sido criticados devido a péssima conduta e apôs receberem um tratamento condizente com a desonestidade que lhes é peculiar...
6- Correm a fazer propaganda para agremiar mais pessoas a sua causa e promoverem o ódio e censura, sempre com uma...
7- Pretensão de combater aqueles que lhe são contários, e por isso....
8- Maltratam pessoas e violam direitos fundamentais, hoje plenamente garantidos pela Declaração Universal dos Direitos Humanos e pelas constituições dos países democráticos.... Por tudo isso, tais militantes católicos, ou quem quer que assim atue, não passa de...
9- Extremista religoso ou anti-religioso, pois ultrapassa  todos os limites de um dialogo saudável e produtivo.

Por tudo isso, tais militantes devem ser desmascarados, denunciandos, e depois, ignorados, pois favorecem a cegueira racional e a ausência de espírito crítico em detrimento de toda dignidade humana,  a unica base que favorecem é o ódio, preconceito, e intolerância...que por sua vez, são os alicerces dos maiores conflitos de toda a humanidade que dizimaram milhões de pessoas por séculos.
Bom, se não ficou muito claro o que quero dizer, deêm uma olhada nesse abaixo-assinado, promovido pelos militantes católicos contra nós, e logo quem?? Ora, os "Cruzados Católicos", já conhecidos por sua desonestidade e hipocrisia peculiar a sujeitos de péssimo carater.
Abaixo Ridiculo

A petição acima, totalmente tendenciosa e desprovida de bom senso, é mais uma das diversas tentativas da militância católica em promover a censura contra evangélicos no quesito doutrinário, mas, antes fosse por questão de discussão doutrinária, muito longe disso, o real motivo, é a descaração desses extremistas em exigirem um respeito que eles não dão a ninguém. Atacam protestantes, ofendem, humilham, e se um protestante revida contra o militante ou a postagem tendenciosa do militante, ai eles insinuam que é intolerância e que atacamos a Igreja católica. Esse povo só pode ser doido memos minha gente. É muita cretinice.
A mesma pessoa que promove essa petição, não passa de mais uma, dos milhares de incautos extremistas católicos preconceituosos e intolerantes. Vejam:
pseudo-advogada

Ela é a autora da Abaixo Assinado:
Elayne Cristina
O que me chamou atenção foi a citação dela em nos acusar de invadir perfis de católicos para acusa-los e denigrir a imagem a deles.
Como uma pessoa que se diz instruida em "Direito" é capaz de fazer uma acusação dessas, e pior, fazer uma petição dessas?? Essa criatura acha que a justiça brasileira trabalha com evidências anedóticas e acusações caluniosas desprovida de provas, baseadas unicamente na insanidade intelectual de extremistas religiosos como ela? Só pode ser piada mesmo. Isso já prova o que eu disse acima.

Agora vou introduzir tanto a tal Elayne como os demais que estão lendo esse artigo aos fatos:

Católicos sem argumentos, usam perfis falsos em diversos grupos, na intenção de atacar diretamente os protestantes: 
Como exemplo basta entrar em grupos com a temática debate doutrinário entre evangélicos e católicos. Os militantes, fazem suas objeções, que na maioria das vezes nada tem a ver com a discussão, como por exemplo, citar que na Alemanha, os protestantes deram origem ao nazismo, logo... a culpa pelo assassinato de mais de 100 milhões de pessoas na segunda guerra mundial, é atribuida a todo o protestantismo.
Bom até ai tudo bem, é um direito dele em expressar a sua burrice. Mas, o erro ocorre, quando o militante não tolera ser refutado. O cara tem a sua objeção invalidada e começa a apelar pra todo tipo de falacia. Agora, caso um protestante faça uma objeção similar, como dizer que o catolicismo teve ações antisemitas por toda a idade média, ai o militante católico começa a bufar pra todo lado, dizendo que isso é um ataque a sua Igreja e então apela pra que outros militantes extremistas ataquem o protestante.
A diferença entre um e outro, geralmente está ligada a responsabilidade. Ambos tem liberdade de se expressarem e expor suas opiniões, acontece que no caso de um debate dessas proporções, a responsabilidade quanto ao que se diz deve ser levada em conta como fator principal. Quando falo em responsabilidade, me refiro a sustentar uma objeção, e ser honesto em reconhecer o erro, caso essa objeção seja comprovadamente invalidada. E isso amigos leitores, é coisa que militante católico não tem, ele se limita apenas em soutar sua diarreia mental desinformada e espera que todos fiquem calados diante de tanta ignorância.
É facil perceber isso, basta saber que houve uma generalização indevida por parte do católico, além de um non sequitur dentre outras falacias, e por parte do protestante houve sim, uma objeção sustentável que pode parodiar a conclusão do católico e afirmar que " O antisemitismo da Igreja Católica durante a idade média, contribuiu e muito para o estabelecimento da facil manipulação do nazismo na alemanha e seu resultado que foi a morte de mais de 6 milhões de Judeus". Pronto!
Agora eu pergunto..caso o militante católico comece a abusar da sorte e ser intolerânte e insistente em promover a mentira, mesmo depois de refutado, como ele deve ser tratado? 
Ora, de maneira gentil e delicada, mas, como diz o católico tradicionalista Olavo de Carvalho, com um belo pé-na-bunda, pois foi refutado e apela para ataques sem se ater a um debate honesto e civilizado.
Mas note contudo, que alguns militantes, não tem a coragem de mostrar a cara pra isso, e é por esse motivo que se escondem por traz de perfis falsos.
Aconteceu isso comigo dias atraz, um fake, de nome Natuzza Evollo, teve a atitude extremista acima, e mesmo depois de desmascarada persistiu no erro, e continuou com seus ataques. Pra minha surpresa, descobri que Natuzza Evollo, foi uma mistica italiana que morreu em 2009. Diante de tal contexto, não poupei o verbo, e decididamente proferi a ela uma boa descrição de sua conduta... ao qual da-se o nome de "VAGABUNDAGEM".
Minha atitude foi extremista e anti-cristã?? Ora, claro que não, obviamente porque não era uma pessoa real o alvo da pejoração, e sim um fake abusado e extremista religioso que entra em debates com o objetivo de trollar e não dialogar. Também não foi minha atitude, anti-cristã, de certo que o maior exemplo de nossa fé, Jesus Cristo, direcionava criticas bem mais agressivas diretamente a seus oponentes falaciosos, os chamando de "raça de viboras" e "filhos do diabo".
Evidentemente também, que algum católico poderia dizer que direciona esse vocabulário agressivo a um protestante pelo mesmo motivo. Dai eu pergunto, sobre que contexto?? Num contexto já de predisposição a entrar em um debate com essa definição em mente, ou bem depois de ter invalidado os argumentos protestantes em um debate especifico?? Ora, é fato... os militantes católicos já entram em debates contra protestantes com pedras nas mãos, são incapazes de tecer um argumento eficaz e apelam pra todo tipo de apelo emocional e ai dos "hereges protestantes" que ousem contestar o que ele diz.
Vejam as "objeções irrefutáveis" desse militante abaixo como exemplo:
as lorotas de um militante católico


Nem preciso comentar nada, ta na cara os apelos a ignorância, a generalização indevida, a falacia genética, o ad hominem, mas nenhum argumento válido sequer. E vai eu tentar conversar com o sujeito.
Como eu disse acima, esses extremistas católicos, não toleram qualquer tipo de objeção contrária a deles. E se caso você insista em dialogar com ele, se prepare, o sujeito vai te escurraçar todo, te tirar do sério, chamar o bando dele, e no final, ir correndo nas paginas ridiculas, reduto de fanáticos, pra cantar vitória e expor sua cara com um print tendencioso, rotulando todos os protestantes como débeis ignorantes e filhos de serpente que estão denigrindo a IGREJA CATÓLICA.
Eu poderia citar diversos outros exemplos, mas notem uma coisa, a tal Elayne nos acusa de crime, simplesmente por investigarmos quem são os tais fakes, engraçado, eu deveria fazer um abaixo assinado para a OAB cassar o registro dessa dita "Advogada" ou então decidir encarar ela em um tribunal só pra perguntar se ela não tem vergonha de promover uma ação caluniosa dessas.

Da Hipocrisia ao apelo a evidências anedóticas como válvula de escape:
Não é raro, e virou moda, a militância católica sempre se valer de exemplos tendenciosos de sujeitos que se dizem ex-protestantes e hoje são católicos. Com isso de maneira ofegante e lunática, os militantes acreditam que estão invalidando o protestantismo.
Ora, por acaso um cristão se tornar muçulmano, torna válido o islamismo?? E um muçulmano se tornar budista, torna válido o budismo??? É claro que não, esses não são os metódos que se usa pra avaliar teológicamente a veracidade de uma religião e nem de longe serve como argumento.
Ohhh, mas vai você dizer isso a um militante católico, que ele agressivamente, de maneira debochada, vai começar a apelar pra todo tipo de exemplo "lixo" em igrejas evangélicas, generalizar e assim concluir...que protestantismo é falso, pois "fulano era isso"," igreja tal é aquilo", "beltrano saiu dessa igreja devido a isso" e portanto ele está certo.
Bom, é isso que se configura evidência anedótica... um testemunho tendencioso, pois o fato de alguém deixar de ser de uma tal igreja, e ingressar em outra, pode ser devido diversos fatores que sempre irão favorecer é claro..a nova "placa" a que o sujeito se afilia..no caso, a Igreja Católica, ou alguma outra. Por isso o argumento é invalido, pois na maioria dos casos, trata-se de uma pessoa que pode estar mentindo, pode ter lhe dado a vida inteira com versões espantalhos e projeções emocionais de tal crença.
Logo, o argumento é irrelevante se o camarada querer se sustentar em um debate entre evangélico e católico, pois além disso essa tecnica pode também ser sustentada pelo outro debatedor e assim ambos estariam certos. Entendeu amigo leitor? O que deve ser avaliado é a validade de suas objeções e não o seu achismo religioso baseado no seu passado.
Militantes sempre citam dois exemplos, um homem com cerca de 40 anos, chamado Paulo Leitão e um jovem de não muito 22 anos conhecido como Daniel Silveira Fontelles. Ambos se dizem ex-protestantes, e afirmam terem sido, pastor e  palestrante, ou pregador evangélico.
Bom, antes de continuar nesse ponto, deixe-me repetir o Artigo 13 da Convenção dos Direitos Humanos:
"Todas as pessoas devem ter igualdade de oportunidades para receber, buscar e divulgar informação por qualquer meio de comunicação sem discriminação, por nenhum motivo, inclusive os de raça, cor, religião, sexo, idioma, opiniões políticas ou de qualquer outra natureza, origem nacional ou social, posição econômica, nascimento ou qualquer outra condição social".
Pois bem, vamos as informações. O Paulo Leitão é católico a pouco mais que 3 anos, antes disso ele era um ateu por grande parte de sua vida, se envolveu com drogas pesadas, e antes de se decidir se envolver com o MOVIMENTO NOVA REFORMA, movimento sem cobertura de qualquer IGREJA PROTESTANTE(pois nega toda formação operacional eclesiastica atual) tinha alucinações constantes devido o uso constante de entorpeceentes, uma dessas alucinações foi com "MARIA".
Isso mesmo, o sujeito antes de ser "pastor" como se intitulava(sem nenhuma prova ou evidência de nenhuma igreja protestante) já tinha têndencia ao romanismo. Bom, se o testemundo dele serve de argumento, já foi pro ralo a muito tempo. Mas quanto as objeções teológicas dele, são válidas???
Hummm, nem tanto, já tive diversos diálogos com ele, e só o que percebi, foi um completo despreparo teológico da perte dele... prova disso é ele citar Apocalipse 18 como prova de que os navegadores estavam invocando os santos no céu, quando claramente o texto diz que os navegadores eram pagãos lamentando a queda da Babilônia enquanto os santos no céu, rejubilavam pela queda dela.
Quanto a participação dele no MNR, isso é uma confissão dele mesmo, que afirma porém ter sido pastor, e já ter tido contato com o neo-pentecostalismo:
Paulo Leitão

Essa postagem acima foi feita por mim no dia 7 de Setembro, e pode ser vista na integra (aqui). Quanto as informações sobre o passado cético e atribulado do Paulo Leitão, as informações provavelmente foram dadas por ele mesmo, em um artigo doJornal de Hoje intulado "A incrível história de Paulo Leitão, o ex-ateu e ex-viciado em drogas que um dia foi o grande nome do heavy metal potiguar."

É nesse artigo a informação de que:

 "ele se converteu ao catolicismo, não sem antes experimentar o protestantismo das igrejas neopentecostais."
Pelo visto o querido Paulo Leitão pulava de galho em galho, sem contudo jamais receber qualquer apoio as suas pretensões, decidiu então se auto-promover no catolicismo, onde a carência por individuos com fama de ex-quisitices protestantes é muito grande pra ser usada como arma de propaganda.

E não acabou, tem um outro individuo, não menos falacioso, o Daniel, o sujeito se intitula a si mesmo... ex-pregador protestante, mas nunca o foi, nenhuma igreja que ele disse ter sido membro, confirma as pretensões dele.
O fato, e bem comprovado, é que o sujeito era um desviado assembleano, comgregava na Assembleia de Deus Ministério Madureira, que se segundo ele, era onde ele realizava suas palestras. Igreja essa que segundo ele, não mais existe, pois outra igreja ocupa o lugar dessa. O que já é duvidoso, pois qualquer assembleano sabe que uma congregação não tem estatus de Sede, e muito menos uma Sede é passada assim tão facil para outra denominação.
Há também o fato de que muitas denominações dão sempre oportunidade a seus jovens membros, para poderem cantar, dançar, dar uma palavra, mas, isso não significa que o sujeita tinha alguma função de destaque nessa igreja. As Assembleias de Deus dão sempre oportunidade até para neófitos em seus púpitos.
Aí, o sujeito me vem com essa de que era um pregador protestante?? Só se for pregador de roupa de varal meu irmão. Até porque, o que evidencia que ele era um desvidado antes de ingressar no catolicismo, são as proprias fotos que ele posta em sua página DSVM...algumas mostram ele se batizando, mas, vão lá e vejam a idade, bem novo, um adolescente, e não muito tempo depois, já que ele ainda é bem jovem veja o que encontramos:
confissão do Daniel

Olha só, ele diz que antes de ser católico, ele era pregador-protestante, mas, onde nesse estágio ele arrumava tempo para praticar assaltos a mão armada? Quando era membro da Assembléía de Deus?? Portanto notem todos, que o sujeito é uma fraude, assim como o outro acima. Nunca foram nada de nada no meio evangélico, e seus "tristemunhos" não passam de conversa fiada e válvula de escape só pra ter de se escusar de um confronto.

Isso acima eu tirei da própria página do militante católico, e podem conferir (aqui), a não ser que tenha sido alguém se passando por ele, como ele costuma alegar quando é desmascarado, como nesse artigo(clique aqui).
Agora vejamos a hipocrisia descarada dos militantes católicos:
postagem dos cruzados
Notem bem o que a militância católica propõe, afirmam com essa postagem que todos os protestantes são ex-assassinos, estressados, estupradores, extelionatários e excomungados. Mas ao se referirem a isso como 'Ex-quisitices protestantes", acabam propondo duas coisas, uma, é que o protestantismo é formado por sujeitos que se escondem na religião, em uma placa de igreja para esconderem o seu passado, a outra coisa que eles propõem nessa postagem, com a ironia "ex-quisitice", é que protestantes nunca foram "ex" coisa nenhuma, eles sempre foram e são assassinos, estrupadores, extelionatários e excomungados.
Agora eu pergunto a você que está lendo esse artigo, o que leva um católico a agir dessa maneira?? não é o extremismo religioso como eu já mencionei acima?? Por acaso o catolicismo romano ensina isso?? Não! Logo esses moleques intolerantes estão agindo por conta própria, sem o aval de sua Igreja, portanto, qualquer ataque a conduta deles, não é jamais, um ataque a Igreja Católica, entendem isso amigos?
Pois bem, depois que vimos essa postagem intolerante, que viola todo trato social civilizado, fizemos uma postagem como respota:
a hipocrisia dos militantes católicos

Notem que nessa nossa resposta como em todas as outras, jamais fazemos ataques a Igreja nenhuma, e sim a seus extremistas, que amam citar o Código Penal Brasileiro que eles mesmos violam descaradamente de maneira hipócrita. A unica atitude que eles deveriam ter tomado, é excluir a postagem deles que foi relamente muito equivocada e agressiva. Mas não, eles gostam de fazer isso, sentem prazer niso, pois sempre vão correndo se amotinar para tramar suas ciladas e estratégias de ataques contra nós, para nos censurar e nos ridicularizar, pra que assim ninguém possa desmascara-los, enquanto fazem pose de simples católicos fervorosos!

Mas vejam qual a contra-resposta deles:
hipocrisia dos militantes católicos
Além de não reconhecerem o erro, dão justificativas a ele, e ainda arrumam as famosas frases de efeito de trocentos anos atraz para validar a agressão... vejam acima no topo da postagem a frase:
"os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa".
Ora amigos evangélicos e católicos, se isso acima não é uma declaração de intolerância religiosa, o que é então?? Há até uma contradição na frase, que começa dizendo para difamar e depois diz que não se deve faltar com a verdade na difamação. Que lorota mais descarada é essa povo de Deus?? Se é difamação, eu pergunto, há verdade em uma difamação?? Não!! O que há em uma difamação, é ódio, intolerância, humilhação e mentira. Mas nenhuma verdade. Se denunciamos um erro, não estamos faltando com a verdade, nem estamos difamando alguém por demonstrar e expor os seus erros.
Portanto estampado em diversos postagens da pagina Cruzados Católicos, há nitidamente um comando partido direto do catolicismo pra que se difame, calunie, humilhe e não tolere os evangélicos. Por isso, quem deveria ser denunciado? Nós? Quem deveria ser processado e levado a justiça pra que se tome as devidas providências?? Nós, ou eles?? E esses cretinos ainda querem exigir direitos e ainda acham que podem mover uma ação judicial contra uma das empresas mais poderosas e influentes do mundo, o Facebook?? Nem respondo, pois vai que é  doença mental contagiosa,, não é mesmo?
Eles abertamente e com muito gosto e consciência afirmam que nós somos os inimigos, que devemos ser difamados onde quer que nos encontremos pois pra eles, somos os lobos. Citam a Bíblia pra pregar que nós somos perversos, e ainda dizem que fazem isso por justiça??
E eu estou errado, ao afirmar que esses caras são vagabundos? Por acaso essa atitude da militância católica, é coerente com sua base religiosa?? Não! Por isso são extremistas, e esquerdopatas pois esses ditos cruzados, tem a cara de pau de ainda vir na nossa cara, e dizer que nós somos os intolerantes quando damos uma boa resposta a tal tipo de atitude deles. 
Duvidam que eles são no minimo débeis intelectualmente??
Vejam a nossa resposta depois disso:
resposta aos cruzados

Pois bem, nessa nossa resposta, novamente notem que não há ataques a pessoas que professam uma crença, apenas há uma critica ao comportamento intolerante e difamatório que elas sustentam, e nesse contexto cito dois exemplos já demonstrados acima sobre o Paulo Leitão e o Daniel Silveira! Ora, eles cometem o erro de fazer uma postagem tendenciosa sobre as "ex-quisitices" protestantes, porém, se esquecem das esquisitices que há no meio deles. Como os dois gurus ditos ex-protestantes!! Ora, se por termo ex-quisitice, eles ironizam e debocham dos protestantes, então qual a atitude que nós protestantes deveriamos ter?? Nos calar??
Vão sonhando militantes cruzados, pois não corre em minhas veias sangue de covarde, eu dou a cara a tapa, mas derrubo calúnia por calúnia, afronta por afronta, e nem deixo de dar uma boa resposta a altura por tamanha ousadia de vocês. E com isso,  não deixo de ser uma ovelha de meu Bom Pastor, pois o sangue que corre em minha vida de ovelha, não é sangue de bode bravo como o vosso não, o que corre em minhas veias, é o sangue do Cordeiro-Leão de Judá. É em nome dele que levantamos nossa bandeira, é em nome dele que professamos nossa fé, e não em nome de uma igreja de placa milenar ou alguma outra que se diga deter a salvação em suas paredes. E se estão incomados com nossa posição, é melhor subirem ao nosso nível, pois de modo algum iremos descer ao nível baixo e patético de religioso fanático e intolerante hipocrita que vocês tanto labutam em se eslamear. Tenham certeza de uma coisa, se tivermos de descer ao nível dos cruzados, vai ser pra dar banho neles e em nome de Jesus, fazer dos porcos, verdadeiras ovelhas.
Mas, infelizmente amigo leitor, em alguns casos não vale a pena dar pérola a porcos, alimenta-los com boa comida, nem limpa-los de sua sujeira, ainda assim, vão sempre preferir se revolver na lama de sua intolerância vergonhosa e hipocrita que tanto chamam de zelo pela "causa".
Vejam a resposta totalmente insana e hipócrita deles depois de demonstramos o quanto eles estavam errados:
intolerância católica

Gente de Deus, olhem a hipocrisia deles em citar São João 8.44... vejam! Quem está mentindo?? Eu?? ou eles? portanto quem são os filhos do diabo?? Ora, evidente que eu não preciso responder, eles mesmos confessam quem são, e do que são capazes, basta ler esse tópico desde o inicio que se conclui que, ou eles são loucos, ou não tem o que fazer da vida mesmo. É por essas e outras que o Marcelo Rezende diz:
Marcelo pergunta
Eu repondo. O fanatismo, o extremismo religioso pois:
1- Não aceitam a liberdade religiosa alheia, nem alguma forma de expressão ideológica contraria a sua, e expressa isso...
2- Militando e  promovendo intolerância contra aqueles que consideram indevidamente como intolerantes, só por não concordarem com sua crença e...
3- Tomam como ofensa e ataque, toda forma de critica direcionada a sua conduta, como um ataque direto a sua religião, isso porque...
4- Acham que detêm direitos que não podem ser violados, mas não permitem que outros tenham esse direito, portanto...
5- Sempre agem com um falso vitimismo para se justificar alegando terem sido atacados, quando na verdade eles iniciam os ataques geralmente voltados a um grupo religioso e não as crenças desse grupo, e apôs terem apenas sido criticados devido a péssima conduta e apôs receberem um tratamento condizente com a desonestidade que lhes é peculiar...
6- Correm a fazer propaganda para agremiar mais pessoas a sua causa e promoverem o ódio e censura, sempre com uma...
7- Pretensão de combater aqueles que lhe são contários, e por isso....
8- Maltratam pessoas e violam direitos fundamentais, hoje plenamente garantidos pela Declaração Universal dos Direitos Humanos e pelas constituições dos países democráticos.... Por tudo isso, tais militantes católicos, ou quem quer que assim atue, não passa de...
9- Extremistas religoso ou anti-religioso, pois ultrapassam  todos os limites de um dialogo saudável e produtivo.
Notem que eles não refutam nada, não respondem a nada, o trabalho deles é sempre o de acusar os outros daquilo que são eles, os militantes católicos que fazem o tempo todo.
Entendeu a diferença entre um protestante e um militante católico?? Então, o protestante fundamenta a sua objeção, sustenta, já o militante católico não, ele blefa, ataca, humilha e ofende e depois tem a cara de pau de dizer que o protestante é que é o capeta intolerante. Só rindo mesmo amigo...
só rindo?
Não há mesmo graça nenhuma nisso, veja  que a propaganda que fazem, sempre resulta nesse tipo de comentário:
comentários

Notem o tal  Marcelo, o sujeito entra praticamente de para-quedas como um palpiteiro sem noção, pois, não estou julgando a conversão do Leitão ou do Daniel Silveira ao catolicismo isso nem me preocupa, pois se me citassem alguém do nível de Norman Geisler, William Lane Craig, Alvin Plantinha, C.S. Lewis, Augustos Nicodemos, Eneas Tognini e protestantes dessa categoria, ai sim seria algo a se notar. Mas citar dois sujeitos com um histórico duvidoso, isso lá é alguma coisa? Além disso, o tal Marcelo não tem nada a dizer sobre a hipocrisia dos católicos em fazer uma postagem intitulada ex-quisitices protestantes? Ora, pois foi nesse contexto que eu fiz a postagem questionando sobre o Paulo Leitão e o Daniel Silveira.
Além disso, o testemundo do  Paulo Leitão e do Daniel Silveira, nos levanta uma questão, pois um, era usuario de drogas e ateu, o outro praticava assaltos...portanto, eles faziam isso antes de ser católicos, não é mesmo?? Humm, mas antes de ser católicos, eles juram que eram pastores não é mesmo?? Ora, então foi no protestantismo que eles se libertaram de sua vida pecaminosa?? Se não, então, eles usavam drogas e praticavam assaltos quando eram protestantes?? É isso?? Se foi isso, já temos a explicação do porque ninguém confirma as mentiras deles em nosso meio.
Perceberam a incoerência deles e o porque do meu questionamento?? Pois é, esses dois deveriam agradecer ao protestantismo por  terem se libertado de suas mazelas não é mesmo?? Mas, como não fazem isso, portanto, muita contradição nessa história deles, sem pé nem cabeça.
Agora notem também o outro sujeito que é moderador da página Cruzados, o tal Daniel Dias... veja a intolerância dele manifestada em seu comentário depreciativo nos chamando de serpentes de boca imunda(ad hominem), seita organizada por um herege(falacia genética), e ainda termina nos demonizando quando menciona comunicação com o demônio. Com certeza o Papa Alexandre VI e outros papas da renascença pra esse doente eram santos, não eram? Preciso mencionar que por séculos diversos Papas tiveram atitudes tão demôniacas, que fariam de Hitler, Stalin e Mao, sujeitos adoraveis?? Creio que não. Pois ai, esses militantes diriam que eu estou atacando a Igreja deles. Esse Daniel, é incapaz de evitar em seus comentários esse tipo de descrição contra nós. Todo comentário que ele faz, é recheado com ataques direto a protestantes. Ohh, mas nós é que somos os intolerantes não é?
Vejam o outro, o Totu, cita um texto fora do contexto e acha que é sustento para a objeção de que a Igreja Romana, biblicamente é aquilo que sonham que são, o Wilow esqueceu de mencionar, que nessa mesma carta aos Romanos, no capitulo 11 dos versos 17 ao 22, Paulo diz bem claramente:
“Se alguns dos ramos foram cortados, e se tu, oliveira selvagem, foste enxertada em seu lugar e agora recebes seiva da raiz da oliveira, não te envaideças nem menosprezes os ramos. Pois, se te gloriares, sabe que não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. Dirás, talvez: Os ramos foram cortados para que eu fosse enxertada. Está certo. Eles, porém, foram cortados devido à incredulidade, e você permanece pela fé. Não se orgulhe, mas tema. Pois se Deus não poupou os ramos naturais, também não poupará você. Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, bondade para contigo, desde que permaneça na bondade dele. De outra forma, você também será cortado” 
Creio nem ser preciso falar sobre o verso, ou preciso??? Reparem bem nos trechos marcados em vermelho, eles por si só, já detonam a lorota do "tatuzinho".
Por último, vejam o comentário hipócrita do Odair, esse é o mesmo sujeito que comentava e ainda comenta, de modo agressivo e arrogante que protestantes são uma raça sub-humana.
Esses militantes, são tão falaciosos e previsíveis, que antes mesmo de atuarem nesse teatro hipocrita de vitimismo intolerante, já haviam sido desmascarados...
Isso apenas comprova o que eu havia dito na postagem.

Longe de ser um grupo aberto ao diálogo, os militantes católicos estão se mostrando combativos e desrespeitosos. Não admitem diálogo: para eles o protestantismo é uma enganação, e um mal a ser extirpado!! E pra demonstrar isso, eles fazem de tudo... caluniam, exigem respeito, censuram, debocham!!

É mais ou menos assim: 
Respeitem os "católicos", mas não reajam a falta de respeito e a intolerância dos "católicos!!
Pura hipocrisia não???!!
Engraçado que não podemos falar das esquisitices de padres pedófilos, sauna gay no Vaticano, inquisição católica, milhões de assassinos, e prostitutas que se dizem "católicos".... por que isso é ataque a eles....

Também não podemos questionar o fato de um ex-ateu e ex-usuário de drogas que há 3 anos se tornou católico, estar zanzando por ai, desfilando como "apologista católico" e ex-protestante!!

Ora, também não podemos questionar a esquisitice de um desviado assembleano que levava sarrafo até de russelitas(Testemunhas de jeová) e praticava assaltos a mão armada em sua cidade, mas hoje desfila por ai como católico e ex-pregador protestante, mesmo sem nunca ter sido reconhecido como um no meio protestante!! Assim como o outro ex-ateu acima...que se auto proclamou pastor e abriu sua própria igrejola... já na intenção de se infiltrar depois no catolicismo se dizendo o "CARA". Isso não podemos questionar né?? as esquisitices dessas historinhas sem pé nem cabeça.

ohhh, mas eles se acham no direito de rotular todos os protestantes de tudo que não presta devido exemplos lixo de pessoas que se quer por nós são tidas como representantes, como o Suzane ou o Edir... Quanto a Silas e Lutero...eles colocaram no mesmo nivel que um assassino e estuprador!! Até onde vai a insanidade desses católicos de de buteco??

O que merecem uns coroinhas desses??

Ora, um tratamento condizente com a falta de caráter que expressam!!

Mas, nos limitamos apenas a desmascara-los como fraudes e denuncia-los como falsos católicos!!

No mais, sempre iremos preferir a paz, se possível, mas, a verdade sempre!!
 
(confiram aquiEsse foi o assunto da postagem que os militantes católicos em nada refutaram, antes, só confirmaram tudo o que se tem dito acerca da conduta deles.
Os ditos "Cruzados Católicos" e similares, agem assim, devido estarem completamente sem argumentos contra nós. Ora, desmascaramos todas as calúnias que eles levantam, desfazemos todas as mentiram que postam. E como última estratégia, eles agora apelam pra esse truque descarado de falso vitimismo e de propaganda de intolerância, pra nos censurar.
Acham que estou mentindo??
Confiram no CaiaFarsa do CaiaFarsa...as diversas postagens, e apontem em qual delas há difamação contra a Igreja Romana. É raro, pois muitas das vezes, nos ocupamos é em pregar o evangelho de Cristo como ele nos deixou registrado. Se isso é incomodo para os católicos, ora, se convertam, ou se calem, porque essa palhaçada de ficar arrotando Lutero, Calvino, Bíblia mutilada, divisão protestante e coisas do tipo, não passa de argumento desbotado que só é veiculado em blogs editados em fundo de quintal por sujeitos sem noção alguma da realidade sobre o que se está propondo.
Essas objeções da militância católica, e defendidas na page dos Cruzados, já foram refutadas tantas vezes, que dá dó de ter de repetir pra eles. Mas assim como eles não largam o osso, pois isso seria admitir que estão errados, então nós também não largamos o escudo e a espada, e ficamos sempre de prontidão para em qualquer ocasião, afugentar esses metáforicos híbridos de lobo com hiena que atuam como pombos enxadristas que sempre defecam no tabuleiro, derrubam as peças, estufam o peito, e depois voam ao seu bando cantando uma vitória que nem de longe pode ser proclamada como fato.
Sobre os ditos Cruzados Católicos, aqui mesmo no Firme Fundamento, há artigos que já dão respostas bem firmes contra eles. Como por exemplo:
Quando começaram a nos denunciar, provamos a todos quem são os intolerantes e mentirosos, no artigo Desmascarando os ditos Cruzados Católicos. Nesse artigo há diversos prints e postagens refutadas.
Quando levantaram novamente a acusação de que deturpamos a Bíblia... provamos, com textos antigos, e depoimento de outros católicos que não há verdade em tal acusação, antes, a tal Bíblia Ave-Maria, contém os mesmos erros dos quais nos acusam. Confiram em, Desmascarandos os ditos Cruzados Católicos-parte 2
Nesse outro artigo intitulado, Desmascarando a Militância Católica, há evidências, bastante conclusivas que apoiam nossas afirmações contra eles.
Esse outro artigo, intitulado...Refutando lorotas da Militância Católica, há respostas bem coerentes aos deboches que fazem contra nós protestantes.
Nesse outro artigo, A Fraude do católico que se dizia protestante, há informações bem veridicas de que o tal Daniel Silveira, nunca foi nenhum palestrante ou pregador protestante, e antes de ser católico, não passava de um desviado desgarrado da Assembléia de Deus que levava sarrafo até mesmo de russelistas, os testemunhas de Jeová, que negam a divindade de Cristo.
Também estou preparando outros artigos que tratam das acusações difamatórias contra Lutero, usadas para tentar invalidar o protestantismo, e sobre a relação falsamente atribuida ao protestantismo como causa do holocausto, e outros mais.
E há diversos outros artigos tanto aqui, como no blog Conhecereis a Verdade, ou no site do Lucas Banzoli que de maneira bem consistente e com farta documentação, derrubam de vez as acusações católicas contra protestantes. Qualquer que seja, basta não ser preguiçoso, e honestamente checar os artigos.
Portanto, eu pergunto a todos, quem são os intolerantes?? Estamos errados em confrontar de forma firme, as difamações que a militância católica tem levantado contra nós?
Ora, se não concordam com nossas objeções, é muito simples, refutem-nas. Porque essa atitude patética e vergonhosa de querer nos censurar devido não aceitarem a nossa existência. Só comprova tudo o que afirmamos até aqui.



Paz de Cristo a todos.
Att: Elisson Freire

Nenhum comentário

Seja respeitoso e saiba que não aprovamos comentários de anônimos caso se trate de conteúdo inapropriado ao artigo, como ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar. Não publicaremos comentários que não tenham a ver com o tema do artigo. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

- Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados então:

* É de sua inteira responsabilidade o que será escrito aqui.

* Não use o caps lock a menos que queira enfatizar alguma palavra. Textos em caps lock serão excluídos!

* Escreva sem xingamento, respeite o seu próximo. Comentários depreciativos e ofensivos serão deletados. Assim como os que fugirem ao escopo do artigo.

- Caso deseje contraditar algum de nossos artigos, certifique-se de o ter lido completamente e verifique se a sua objeção já não está respondida em outra postagem nesta página. Utilize a barra de pesquisa e o painel de temas.

- Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta por sua desatenção.

Tecnologia do Blogger.