Header Ads

Resistência Apologética

Sobre meu embate com o Sérgio Roberto

Há um ditado que muito descreve inconvenientes situações onde nos propomos a entrar num dialogo com católicos fanáticos e ávidos por discussões calorosas, trata-se da frase de Bárbara Coré: "Nunca discuta com um ignorante... Ele te rebaixa ao nível dele e te vence pela experiência...".

Esse é um conselho que vez ou outra eu me esqueço de seguir mesmo lidando o tempo todo com típicos sujeitos que agem como pombos enxadristas e hienas pedantes.

Como já supra citado o nome do dito cujo é Sérgio Roberto que apesar de ter 32 anos de idade, ainda assim não passou de um púbere arrogante cheio de pose. Ele é o característico católico leigo que lê alguns artigos do Rafael Rodrigues(copiados do Dave Armistrong) e do Fernando Nascimento(copiados do Scott Hahn) e então se sente o supra sumo em uma discussão apologética entre evangélicos e católicos. Usa com tanta conveniência favoritista sua retórica virulenta que mesmo que lhe derrubemos uma a uma de suas objeções, ainda assim na moda Hugo Payens, ele se acha no direito de então voltar seu sofisma falacioso e agressivo contra a minha vida pessoal ou a de qualquer outro que o contradiga em uma discussão.


Não interessa se você usa de cordialidade e polidez com tipos assim, não importa o quanto sua contra argumentação seja eficiente e válida, o interesse desse tipo de católico é lhe difamar o quanto for necessário devido você não congregar na mesma instituição que ele. Tais sujeitos não se intimidam com leis que punem a intolerância religiosa, nem com ameaças de processo por injuria e difamação, pois segundo eles, eles são católicos, filhos de Roma e defensores da fé católica.

Eu sempre costumo dizer que não vejo problema de uma pessoa defender sua fé de forma eloquente e agressiva, conquanto que ele não venha achar que alguém é obrigado a engolir seu disparate falacioso sem uma boa discussão honesta.

E é devido a audácia perniciosa utilizada por ele contra mim em um desses debates apologéticos, que eu faço esse artigo que é mais um direito de resposta contra acusações e calunias exageradas dos militantes católicos que sempre ao me verem em um debate, já se borram com sua própria diarreia mental e partem para os ataques, ou ainda passam a intensificar mais ainda suas agressões. 

Vamos então às devidas provas do que estou dizendo:

 O debate se inicia por parte do Sérgio já de forma agressiva e violando todas as regras impostas dentre as quais consta a proibição de se fazer prints debochados ou de qualquer outra natureza contra quem se deseja dirigir em debate.




De cara, além dos termos em tom debochado, o romano então faz uma alegação capciosa exigindo que o tal "penteca" responda. 

Primeiro problema é que se por penteca ele se refira a protestantes, já começou errado pois nem todo penteca ou pentecostal é ciente e muito menos tem interesse algum em assuntos relacionados a Lutero. O segundo erro é alegar que Lutero tenha tirado livros da Bíblia.

Mas, o desafio foi feito. Quem deveria responder? Ora o Valtuir, e qual seria a posição de um católico nesse debate? Ora, ser cordial e esperar ser respondido para depois dar sua réplica. Contudo o debate que já começou péssimo, ficou ainda pior. Anteriormente em outros artigos eu havia me referido sobre uma técnica muito usada por romanistas inflamados e dessa vez eles aplicaram como sempre fazem. O ataque em bando, essa é a segunda prova da desonestidade desses católicos sem ocupação.




Notem acima que um dos administradores do grupo é um católico já conhecido por sua avançada idade, alcoolismo e desonestidade em debates, ele CONVOCA outros de sua laia para tumultuarem o debate e não importa se o evangélico se irrita e se defende de maneira impolida em reação as chacotas deles, pois, pra esse tipo de católico imbecil, quanto pior... MELHOR FICA.

A sessão de ataques continua, com ofensas, montagens humilhantes e invasão de privacidade. Podem conferir isso nesse link contendo TODA A DISCUSSÃO ( clique aqui). Eram 10 católicos contra um apenas. E diante de tanta desonestidade e imbecilidade dos católicos, eu que não sou frouxo e dou conta do recado, entrei na discussão e de imediato revidei os ataques e RESPONDI prontamente a objeção do Sérgio Roberto:


Pois bem, pra quem não sabe Lutero em sua tradução da Bíblia concluída em 1534 listou os apócrifos do AT com a observação: “Apócrifos, isto é, livros que não podem ser equiparados às Sagradas Escrituras, mas cuja leitura é boa e proveitosa”. Quanto a isso todas as igrejas protestantes sempre concordaram. No entanto Lutero não excluiu tais livros de sua tradução como desinformadamente afirma diversos sites católicos.

A Biblia de Lutero na versão de 1545 pode ser vista digitalizada aqui..(clique aqui) Contendo todos os mesmos livros que a Bíblia Católica. 

Lutero também listou Hebreus, Tiago, Judas e Apocalipse no final do NT com numeração distinta dos outros livros do NT porque os considerava de menor valor. Deve-se observar que Lutero não os retirou da Bíblia nem os chamou de apócrifos, mas os considerava de menor valor, quando comparado aos demais livros, como ele mesmo dizia; quanto a isso, ele estava errado e parece ter mesmo reconhecido isto pelas várias citações posteriores que fez destes livros como Escritura. Nenhuma Igreja concordou com Lutero ou o seguiu nesta questão.

As edições protestantes sempre trouxeram todos os livros bíblicos, apenas agrupando os apócrifos como não canônicos e reconhecendo todos os 27 do NT:
A Bíblia de Zurique (1529); A Bíblia Francesa (1535); A de Coverdale (1535); A Bíblia de Genebra (1560 – esta foi a primeira a não publicar os apócrifos, mas só na sua edição de 1599, na de 1560 eles foram publicados com a observação de que não eram livros canônicos); A Bíblia King James (1611).

Portanto o argumento católico do Sérgio Roberto não tem um pingo de veracidade. Mas ele ainda pergunta outras coisas:


Percebam que, o que esse insolente faz é apenas ignorar a resposta que eu dei e insistir com outras perguntas circulares ao seu argumento original que já fora refutado. Dai já vemos quem é o "cagão" que de Bíblia não entende coisa alguma.

E quanto ao canon que Lutero adotou, ora, Luttero adotou a mesma regra de Jerônimo que considerava canônico apenas os 39 livros que hoje aceitamos e ainda que dispusesse em sua tradução Latina os apócrifos, ele não os considerava canônicos:


"Portanto, a Sabedoria (...) Judite e Tobias (...) não fazem parte do cânon (...). a igreja lê Judite e Tobias e Macabeus mas não os recebe entre as Escrituras canônicas (...) [são] livros úteis para a edificação do povo, mas não para estabelecer doutrinas da Igreja." (Merece confiança o AT, G.L, Archer Jr. Edições Vida Nova,Pg 76).


E não era só Lutero que pensava assim, autoridades católicas tinham a mesma opinião que Lutero quanto a não canonicidade de tais livros como por exemplo O cardeal Ximenis que em sua Poliglota Complutense (1514-1517) afirma que os livros apócrifos não faziam parte do cânon. E o cardeal Cajetan, que fez oposição ao reformador Martinho Lutero em 1518, este publicou em 1532 uma lista dos livros do AT, que não incluia os apócrifos.

E sobre qual canon do VT os apostolos adotaram, evidentemente que não o ROMANO, pois fizeram mais de 295 citações de quase todos os livros do AT, mas, nem uma vez, fizeram citações de qualquer um dos livros apócrifos. Além disso, Jesus cita as divisões abrangidas nas Escrituras judaicas: Lei, Profetas e Salmos, divisões que incluem apenas os 39 livros do AT (Lc 24.44; Jo 5.39); o mesmo fazem os apóstolos (2Tm 3.15-16).

Portanto, apenas essa breve refutação basta para calar a BOCA desses romanistas desinformados inconformados com a verdade. Mas como são desonestos, eles não argumentam contra o dizemos, passam apenas a repetir a exaustão diversas vezes a mesma coisa, e ainda assim são refutados. 

E então o que lhes resta? Ora, apelar para ataques pessoais e ofensas das mais pífias que se possa imaginar. Vejam:


E vejam quando revidei os ataques a altura e ainda pegando leve, leiam as "REFUTAÇÕES" que eles alegam fazer: 



E esses  não respeitam nem quem sequer ta no meio da discussão:






Bom, talvez você esteja imaginando que eles se revoltaram porque fui agressivo. Mas não, eles se revoltaram porque foram desmascarados e eram em 10 que apanharam de um só. Os ataques contra mim eram tantos que até mesmo um dos moderadores que é CATÓLICO dá sua aprovação para que eu revidasse, se foi de má fé ou por honestidade prefiro que vejam vocês mesmos:


Notem que ele se propõe a permitir que eu revide aos ataques, mas avisa que apagará um print onde exponho o Sérgio Roberto. O interessante é que logo no inicio, O SERGIO FOI O PRIMEIRO a EXPOR no debate fotos pessoais de um mesmo integrante do grupo.

A sessão de ataques pessoais continua com meu nome sendo achincalhado, minha honra sendo lameada por esses porcos imundos que apanham e depois apelam sem pudor e respeito a propria religião que dizem representar.

E ainda são cínicos e dementes. O Sérgio é um dos leitores do Hugo Payens aquele drogado já refutado aqui, e que vive a me caluniar com montagens descabidas. O Odair pela terceira vez usa de dissimulação e má fé quando diz isso:


Infelizmente ambos caem no erro de  propagarem mentiras a meu respeito inventadas pelo bufante Hugo Payens. Na hora que pedi pra me dizer onde ele reside, vejam a resposta do Odair para justificar sua recusa:


Quer dizer então que o Nicolau com seus 65 anos me chamou para um cara a cara? Vejamos se foi isso mesmo:




Onde o Odair tirou essa idéia de que o Jorge Nicolau teria me DESAFIADO A UMA CARA A CARA? Que eu me lembre, há uns dois anos atras eu que sugeri ao Nicolau depois de uma discussão calorosa que me dispusesse seu endereço para que nos encontrássemos pessoalmente, o que não foi possível pois o mesmo se não me engano residia fora do país.

Agora vejam a prova de como o Odair foi dissimulado, leiam o que o Jorge me diz e respondam  a se mesmos se isso é algum desafio dele contra mim:


Bom resumindo, o Jorge, de Santos se mudou pra Caieiras aqui em São Paulo não muito longe de onde estou e em breve teremos nosso papo acompanhado de um bom café pra mim, e de uma boa cerveja gelada pra ele como bem já conversamos.


Portanto moçada, taí mais uma matéria sobre as falcatruas de alguns militantes desequilibrados que amam atacar mas quando levam de volta na cara, começam a se amotinar em bando. E eu repito que não tenho medo dessa raça e se preciso for eu desço a mão pois mesmo eu sendo CRISTÃO, IDIOTA EU NÃO SOU. Não tenho que aturar esse tipo de desaforo e não é meia duzia de vagabundo que irá me coagir por medo de ataques a parar.

E eu acho bom essa turma parar de se preocupar com o cisco no meu olho e ir cuidar da trave imensa que tá encravada no olho deles.  Essa turma  ta muito interessada pra saber se eu sou corno ou viado, pelo visto eles são e querem que eu entre pro grupo deles, só pode ser isso. 


E por fim, eu não vejo a hora de por esses cretinos diante de uma sentença exigindo deles uma retração por seus atos insolentes. Bom, até lá, me contento em descer o sarrafo nessa cambada.

Att: Elisson Freire



ps: Antes que venham querer me processar, deem uma olhada na sessão jurídica deste blog.. e depois vão arrumar uma ocupação e esquecer da minha vida, lembrem-se apenas em tentar ao menos responder as minhas argumentações que até agora permanecem de pé.


Nenhum comentário

Seja respeitoso e saiba que não aprovamos comentários de anônimos caso se trate de conteúdo inapropriado ao artigo, como ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar. Não publicaremos comentários que não tenham a ver com o tema do artigo. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

- Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados então:

* É de sua inteira responsabilidade o que será escrito aqui.

* Não use o caps lock a menos que queira enfatizar alguma palavra. Textos em caps lock serão excluídos!

* Escreva sem xingamento, respeite o seu próximo. Comentários depreciativos e ofensivos serão deletados. Assim como os que fugirem ao escopo do artigo.

- Caso deseje contraditar algum de nossos artigos, certifique-se de o ter lido completamente e verifique se a sua objeção já não está respondida em outra postagem nesta página. Utilize a barra de pesquisa e o painel de temas.

- Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta por sua desatenção.

Tecnologia do Blogger.