Header Ads

Resistência Apologética

Farsante plagiador é desmascarado e se revela uma fraude na apologética cristã

Foto egolátrica de Adelino Souza, o plagiador, sentado em seu trono 
O Portal Resistência Apologética, divulgado em diversas redes sociais e presente na web como portal apologético já há 3 anos, foi plagiado descaradamente em seu nome e formato por pessoas arrogantes e irreconciliáveis (Adelino Souza, Neto Mendes e Apolo Apologista) que criaram um grupo de discussão no facebook repleto de fakes e de pessoas adicionadas sem o seu consentimento! Um grupo que usa nome, capa e conteúdo deste blog que já oficialmente tem seu grupo, página e canal, muito antes destes sujeitos copiarem nosso nome.

Há 5 meses constatamos a existência de um grupo que não apenas copiou nosso nome, mas passou a fazer uso de nossas imagens de capa e perfil. Entramos em contato com os administradores do referido grupo de facebook, o genérico Resistência apologética criado por Neto Mendes e Adelino Souza que afirmam ser debatedores 'tops' no 'ramo da apologética' há mais de 7 anos, melhores e mais atuantes que o Lucas Banzoli, o Itard Camboim, a galera do Logos, Veritates, emfim, são os maiores apologistas do país, mesmo que ninguém os conheça e por isso criaram um grupo particular onde podem copiar matérias do Lucas, do CACP, do NAPEC, e minhas, e repassar como se fossem deles. Segundo os mesmos, elaborar matérias e artigos originais é para os fracos, o bom mesmo é criar trocentos debates a nível "colas alheias'. Ou seja, os manés não produzem nada original, só copiam geral! (palma pra eles).

Fomos informados pelos neófitos, que nós é que somos os aproveitadores, já que nossa página tem menos curtidas, do que o grupo deles!! Os embusteiros deram um péssimo exemplo ao nos plagiar e vir com a demência de afirmar que, por sermos uma página com poucas curtidas, então, os errados seriamos nós, os criadores do portal.

Os infelizes não sabem a diferença entre grupo, em que eles adicionam pessoas a torto e a direita (mesmo que elas nem participem), com uma página que deve ser publicada para atingir curtidas. Porém nosso propósito não é inflar grupos nem ganhar curtidas (pois nem tempo pra isso tenho, mal tenho para publicar aqui) e sim, apenas veicular informações apologéticas a quem interessar!
O que nos deixa surpresos, é que o sujeito Adelino, sabendo que errou, mudou o nome do grupo e retirou a imagem de capa que estava usando. Porém, se porta como um fedelho ignorante ao continuamente nos provocar com comentários do tipo: "sua página só tem 600 curtidas", 'seu grupo tem apenas 41 membros', "então ninguém vai ligar se eu copiar, porque ninguém vai achar que copiamos algo que ninguém conhece".

O que nos resta diante da demência deste senhor, é informar que o nosso Resistência Apologética não tem qualquer vínculo com o inflado ex-grupo "Resistência apologética". Para resolver a questão, lhes sugerimos que alterassem a capa e o nome do grupo, ou mantivessem uma parceria conosco, porém os mesmos se mostraram arrogantes e pedantes, se acharam no direito de nos ofender e atacar, apenas porque não temos um grupo inflado como o deles. 

Portanto, nesta matéria fica aqui o nosso repudio aos tais e uma nota informativa de denuncia contra os mesmos que tentaram se apropriar de propriedade intelectual alheia. 

Vejam o desespero do farsante:


Ora, não houve uma série de acusações de plágio, houve uma notificação sobre ele estar usando o nome, publicações, textos e imagens de nosso grupo. Mas ao ser notificado, passou a agir arrogantemente, devido o seu grupeco recheado de inativos e fakes ter alcançado o numero de 9 mil membros. Mas, com essa nota ele confessa que agiu desonestamente pois pensava que devido o grupo original não ter tanta veiculação, então, ninguém iria perceber. Mas se deu mal, pois não passa de um pedante sem criatividade alguma que infla grupos com membros inativos e fakes para se posar de apologista, usando criação alheia.

Por qual motivo então o Adelino baniu membros que notificaram a ele sobre suas mentiras? 

Agora vejam o que ele tentou fazer antes disso:


Tentou desprestigiar nosso trabalho, descredenciar o portal, depois tentou comprar. Mas, repito a este imoral, que:

Qualquer formato de página, blog. grupo ou conteúdo virtual que se utilizar de nossa capa, nome, material, publicações, etc, sem o nosso consentimento ou sem prestar os devidos créditos, está nos plagiando descaradamente. Não importa se o portal tem 30 ou 1000 curtidas. 

Querer nos plagiar e se blindar sob a alegação de que o grupo original não é muito conhecido, só mostra a falta de caráter dos supostos apologistas. Pior ainda, é se pintarem como vitimas quando são descritos devidamente por manterem tais ações.

Portanto... espero que ao lerem esta matéria, tomem nota da picaretagem do farsante e evitem se entreter dando atenção a sujeitos sem credibilidade alguma como ele.

E a quem interessar, este é o grupo de discussão oficial do Resistência Apologética (clique aqui). E esta é nossa página (aqui).




Um comentário:

Seja respeitoso e saiba que não aprovamos comentários de anônimos caso se trate de conteúdo inapropriado ao artigo, como ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar. Não publicaremos comentários que não tenham a ver com o tema do artigo. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

- Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados então:

* É de sua inteira responsabilidade o que será escrito aqui.

* Não use o caps lock a menos que queira enfatizar alguma palavra. Textos em caps lock serão excluídos!

* Escreva sem xingamento, respeite o seu próximo. Comentários depreciativos e ofensivos serão deletados. Assim como os que fugirem ao escopo do artigo.

- Caso deseje contraditar algum de nossos artigos, certifique-se de o ter lido completamente e verifique se a sua objeção já não está respondida em outra postagem nesta página. Utilize a barra de pesquisa e o painel de temas.

- Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta por sua desatenção.

Tecnologia do Blogger.