Header Ads

Resistência Apologética

Mais calúnias contra evangélicos

Segundo o Hugo Payens ou Hugo de Paynes (a depender do fake que ele usa) que juntamente com o Odair José Alves e uma certa advogada conhecida como Elayne Moura que administram páginas como Cruzados Catolico e Cruzados Católicos, mulheres casadas em igrejas evangélicas são adulteras. Não existe casamento genuíno no protestantismo, e toda união conjugal entre dois evangélicos é de faxada.

Pelo visto o Hugo esqueceu de citar a fonte de tais alegações e também se esqueceu do fato de que supostos dados apresentados são mesmo vistos no meio protestante, obviamente porque tais casais eram católicos e acabam trazendo suas mazelas pro nosso meio.


Cabe ressaltar que, de acordo com Hugo, uma refutação dada a ele, significa que estaríamos atacando a própria Igreja Romana, pois sempre quando refutamos ou denunciamos seus abusos ele se amotina e passa a alegar que a Igreja estaria sendo atacada. Só que esse silogismo significa dizer que tudo o que o Hugo diz, tem endosso e representa o que a Igreja Romana diz. Portanto... vejamos então o que a Igreja Romana nas palavras de seu mui nuncio neófito diz:




E então pergunto... Hugo Payens e os Cruzados Católicos representam o catolicismo?


Nenhum comentário

Seja respeitoso e saiba que não aprovamos comentários de anônimos caso se trate de conteúdo inapropriado ao artigo, como ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar. Não publicaremos comentários que não tenham a ver com o tema do artigo. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

- Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados então:

* É de sua inteira responsabilidade o que será escrito aqui.

* Não use o caps lock a menos que queira enfatizar alguma palavra. Textos em caps lock serão excluídos!

* Escreva sem xingamento, respeite o seu próximo. Comentários depreciativos e ofensivos serão deletados. Assim como os que fugirem ao escopo do artigo.

- Caso deseje contraditar algum de nossos artigos, certifique-se de o ter lido completamente e verifique se a sua objeção já não está respondida em outra postagem nesta página. Utilize a barra de pesquisa e o painel de temas.

- Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta por sua desatenção.

Tecnologia do Blogger.